terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FELIZ ANO NOVO

Terminado
mais um ano feito de historias...
E porque o mundo gira,
ficam as memórias...
Gente que chegou,
gente que se foi...
Entre vitórias
e derrotas,
uns ensinaram-nos
outros aprenderão...
Gente que nos sorriu,
gente que nos feriu...
uns permaneceram
outros nem vemos mais...
Obrigada a todos
porque fizeram parte da minha historia...
E assim
gira o mundo
na esperança
de que o novo ano
seja sempre melhor...!
FELIZ ANO NOVO

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

NUM SONHO TEU

Conheço os meus defeitos
e minhas qualidades,
conheço meus silêncios
e meus ais...
Vivo comigo desde que nasci!
Tantas vezes me perdi,
muitas outras me encontrei...
Enquanto isso,
passei por ti
e em ti
reconheci-me
á deriva,
só e perdida
num sonho que era teu...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

SEMPRE VIVI...!!!

Naveguei pelos mares da ilusão,
viajei em estradas de paixão...
Vi peixes loucos,
ouvi pássaros moucos,
senti o cheiro das flores
e sorri...
Agarrei sonhos,
abraçei amores,
chorei dissabores,
disse adeus
e segui...
Não sei bem se passei pelo vento
ou se o vento
passou por mim,
só sei que cheguei até aqui...
Não sei quem te trouxe
ou se alguém me levou a ti...
Naveguei, viajei
vi, ouvi, senti
e sorri...
Sonhei, abraçei, amei
chorei, disse adeus
e segui...
Ganhei e perdi
mas sempre VIVI...!!!

sábado, 7 de setembro de 2013

UM SONHO FEITO PARA AMAR

Procurei-te fora dos meus sonhos,
caminhei por becos sem saída,
voltei atrás,
segui por atalhos,
meti-me em trabalhos...
Quando estava prestes a desistir,
encontrei-te num acaso qualquer
só e perdido,
vestido de farrapo
vagueando à sorte
no meio do nada...
Ao passar de mansinho
senti o eco de um tormento...
Parei no meu vagar
e ouvi um lamento,
parecias um fracasso
de sonhos destruídos
e alma doente...
Cuidei de ti com amor,
vesti-te de esperança
e transformei-te num ser de luz,
dei-te a mão e trouxe-te comigo...
Agora
és o brilho do meu olhar,
o motivo do meu sorriso...
Um sonho feito para amar!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

SEM PALAVRAS

Fugiram-me as palavras,
perderam-se por entre o vazio da multidão,
no vago espaço do infinito,
entre os mundos mudos da solidão...
Tristes desordens
controladas por escassos sorrisos...
Tanto desejamos sorrindo,
quanto temos medo!
É bem mais fácil sorrir
quando se tem medo...
Faltam-me as palavras,
esconderam-se atrás dos muros
construídos por alegres sorrisos tristes...
Quantos risos corajosos
substituíram
silêncios medrozos
neste mundo de faz de conta,
brincando de ser feliz???
Fugiram-me as palavras,
substituí-as por sorrisos
amarelos
em homenagem ao sol,
tão lindo e tão belo
em seu brilho puro e singelo...!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

PAI

Palavras nunca foram o nosso forte,
entendi todos os teus olhares...
Um pedido de desculpa em silêncio,
um obrigado no olhar
e entre eles
um "eu te amo"...
Pai
entre sorrisos e exemplos
ficou a força e a garra de viver,
instinto de sobrevivência
na mais pura essência de guerreira,
mulher frágil...
A vida passa a correr
e no fim da caminhada
ficam as lembranças,
aquelas que não houve tempo
para lembrar antes...
Memorias de sorrisos insignificantes
que hoje
fazem todo o sentido,
verdadeiros exemplos
que transformaram em grande parte
quem eu sou!
Obrigada pai,
não pelo pelas palavras
mas pelos sorrisos,
olhares em silencio que tanto me disseram...

sábado, 25 de maio de 2013

ALMA BRANCA

Nem tudo é pó,
cinza ou lama...
Vai-se o corpo,
fica a alma...
E do pranto que clama na partida
nasce um suspiro,
livre
feito criança que sorri
ao ver um raio de sol...
Doce ilusão
de uma vida inteira
já passada,
adormecida e renascida
nas asas de uma pomba
que voa
num ponto de luz
de uma branca versão
do verbo amar...