quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O AMOR É TRAMADO

O amor,
o amor é tramado,
faz planos,
sem enganos,
traz tormentos,
entre mentes,
mas não mente,
apenas ama hoje,
amanha,
descobre que não sente...
O amor,
o amor é tramado,
por vezes,
disfarçado,
ora de amigo,
ora de amante...
Conforme o vento traz,
conforme o vento leva,
muito vem,
tanto vai,
pouco fica...
Confuso???
Não,
apenas mágico,
sonhos vêm,
sonhos vão,
uns vividos,
outros não...
O amor,
é tramado...
O segredo,
é amar com o coração!!!

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

QUEM MELHOR QUE EU...?

Passo o tempo comigo...
Quem melhor que eu,
para me aturar?
Por vezes,
nem eu mesma me entendo...
Quem melhor que eu,
para me entender?
Conheço minhas historias,
minhas lágrimas,
meus sorrisos,
meus lamentos...
Conheço minhas crenças,
meus sonhos,
minhas capacidades,
minhas limitações...
Quem melhor que eu,
para passar o tempo?
Não desfazendo,
minhas amizades que adoro,
mas,
quem melhor que eu,
me conhece?
Eu,
apenas eu conheço-me,
por dentro,
onde tudo acontece,
por fora,
como o mundo acha que me conhece...

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

TU NÃO SABES NADA...

Tu não sabes nada de mim,
o que passei para chegar aqui...
Os sonhos que vivi,
os fracassos que sobrevivi...
Tu não sabes nada,
não sabes o que a vida me ensinou,
nem tão pouco,
como aprendi...
Tu não sabes,
a importância que tem,
para mim,
um sorriso,
o que me diz o silencio,
nem os segredos que o mar me conta...
Tu não sabes nada de mim!
Ainda achas que me amas?
Então vem,
eu conto-te tudo...
Se ainda assim,
continuares a achar que me amas,
então fica...
Prometo amar-te,
como te amo agora,
fazer-te sorrir pela vida fora!

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

A CARTA


                                                            Ponta Delgada, 09 de Setembro 2010


                      Minha cara amiga tristeza

        Venho por este meio despedir-me oficialmente de ti.
        Hoje percebi que nao me cai uma lágrima de dor há muito tempo, entendi que todas as que tenho chorado ultimamente foram
  de alegria, tal como todas as que virão daqui para a frente, serão no meio de muitos sorrisos e gargalhadas, alegrias e boa
  disposição.
  Por este motivo e muito mais, despeço-me agradecendo a companhia que me fizeste todos estes anos, mas está na hora de ir
  embora.
  Terás um sorriso meu sempre que passares por mim, afinal estivemos juntas durante muito tempo e foi contigo que aprendi mil e
  uma coisas, cresci e hoje sou quem sou graças a ti.

  Adeus...!!!


                                                                                             TERESA SILVA

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

QUERIDO DEUS (2ªcarta)

                                                      Ponta Delgada, 16 de Novembro de 2011


     Querido Deus,
escrever-Te para que saibas que Te entendo.
     Todas as pessoas que colocaste na minha frente, todas, mesmo aquelas que depois retiraste da minha vida, todas elas vieram por um motivo, bem como todas as situações que me deixaste passar, mesmo aquelas em que chorei, foi igualmente por um motivo... Sabes o que fazes e eu sei que não dás ponto sem nó.
És fantástico quando falas entre-linhas, quando me piscas o olho através do teu disfarce a que chamamos acaso, e quando tudo parece ter sido em vão, vens Tu e provas que não brincas em serviço.
     Agradeço-Te por tudo, pelas maravilhas que me mostras, pelas alegrias que me proporcionas, pelas coisas que me ensinas, pelas amizades que me ofereces e até mesmo, pelos meus inimigos também.
     Querido Deus, estou-Te muito grata por não ter sido mais fácil, afinal de contas, foi o difícil que fez de mim a mulher de luta que hoje sou. Só tenho um pequeno pedido a fazer-Te, traz-me alguém capaz de me entender, alguém que me ouça e me compreenda sem que me ache louca ou complicada, coisa que nós dois sabemos que não sou.
      Sem mais assunto, só me resta despedir-me com beijinhos e um forte abraço.

PS: Podia dizer-Te também que confio em Ti, mas isso já sabes.



                                                                                                  TERESA SILVA

DESTE LADO...

Deste lado,
espreito,
espreito o mundo dos humanos,
devagarinho,
sem que me vejam,
não sou como eles,
nem quero ser...
Sou como eu,
igual a mim,
respeito-os,
por vezes,
dou-lhes a mão,
mas não os arrasto,
vem comigo quem quer...
Deste lado,
tudo é lindo,
as cores são mais vivas,
os sorrisos soam a musica,
o sol encontra-se com a lua,
ouve-se o silencio,
fala-se com o mar...
Deste lado,
sente-se a magia no ar!!!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

QUEM SOU EU?

De onde terei eu vindo?
Quem sabe,
eu pertença a uma historia de embalar...
Se calhar,
até sou a encarnação da gata borralheira,
por acaso sou cozinheira...
Tenho a mera impressão que não sou normal,
as vezes,
penso que não existo mesmo,
terei sido eu tirada de um conto de fadas?
Talvez,
numa distracção de Deus,
e farta de adormecer criancinhas,
num golpe de sorte ou não,
me tenha esquivado para o mundo dos humanos...
Posso até ter vindo nos braços de um príncipe,
mas se assim foi,
onde está ele?
Porque me abandonou,
num mundo que não é o meu...???

sábado, 12 de novembro de 2011

MEU SILENCIO...

Meu silencio,
é doce,
nele cabe,
a mais bela lembrança do teu sorriso,
transporta-me para o meu mundo,
um mundo secreto,
onde só não entras,
se não quiseres...
Meu silencio,
sabe-me bem,
faz-me sorrir,
um sorriso bobo...
Meu silencio,
tem o teu nome,
e num sonho,
leva-me ao teu encontro,
faz-me vaguear,
voar até ao mais alto dos meus delírios,
e pousar em frente ao teu olhar,
beijar-te sem te tocar,
amar-te sem te abraçar...
E em teus braços,
sentir-me feliz!!!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

FAZES-ME FALTA

Por vezes,
sou complicada,
marcada pelo mundo,
numa vida feita de nada...
Quero tudo,
sem querer nada!
Admito,
fazes-me falta...
Arrisco,
a querer o que me mata,
a desejar o que me consome,
num mundo que não dorme...
Adormeço neste tormento,
gritando pelo teu nome,
sem que me ouças,
em teu precioso silencio,
sentes,
o que não entendes...
Ou quem sabe,
talvez mentes,
e pressentes,
fingindo que não entendes...
Fazes-me falta,
em tua presença,
meu silencio,
não me mata,
na ausência de tuas palavras!!!

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

A ARTE DE AMAR


Pedir perdão,
é importante,
perdoar,
é livrar a dor,
errar é humano...
Mas amar,
amar é sublime,
é viver em paz,
não é fácil...
Amar é um dom,
nasce com o ser,
é uma arte...
A arte de amar,
só o tempo ensina na perfeição,
mas a perfeição,
essa não existe,
não tem fim...
E quando,
tudo parece ter sido em vão,
vem o destino,
com seu toque final,
e diz que nada é em vão...
Atalhos são necessários ,
para travar batalhas...
Há um projecto,
uma missão a cumprir,
missão cumprida,
só depois,
de todas as batalhas passadas,
e a arte de amar,
aperfeiçoada...!!!

terça-feira, 8 de novembro de 2011

NÃO DEMORES

Pronto,
estou preparada,
para a tua chegada,
mas não demores,
esperar,
faz-me ficar ansiosa,
e a ansiedade rouba-me o sorriso...
Tenho andado distraída,
enquanto espero pela tua vinda,
há muito,
prometida de vida em vida,
perdida entre mundos,
adormecida em sonhos,
vagueando no espaço e no tempo,
esperando,
um dia,
no acaso do destino,
encontrar-te...
Por não existir acasos,
mas sendo certo o destino,
tenho andado ocupada,
a aprender a amar...
Quero mostrar-te,
o que me ensinou a vida,
o que aprendi na tua ausência,
o resto,
ensina-me tu,
quero aprender perto de ti,
mas não demores,
não quero,
deixar passar mais uma vida sem te encontrar...
Quero ter tempo,
para amar-te!

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

FALA-ME DE TI

Fala-me de ti,
dos teus sonhos...
Conta-me como chegaste aqui,
as batalhas que travaste,
as guerras que venceste,
as lágrimas que choraste,
os sorrisos que escondeste...
Fala-me de ti,
das tuas emoções,
as tuas vitórias,
as tuas derrotas...
Conta-me como te sentes,
eu digo-te como passas o dia em meu pensamento,
conto-te quantas vezes eu te vejo sem te ver,
falo-te dos meus sonhos,
dos meus segredos...
Fala-me de ti,
eu conto-te como te admiro,
como me orgulho de ti...!!!

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

NÃO ME AMES

Deixa a porta do teu mundo entre-aberta,
para que eu,
pé ante pé,
como que sem querer,
possa espreitar,
entrar de mansinho,
e devagar eu te possa amar,
sem te amar,
possa sentir,
o que o teu coração me diz,
entre palavras,
as que nunca me disseste...
Mas não me feches no teu mundo,
quero poder sair sem te fazer chorar...
Sou como uma gaivota que voa,
livre sob o mar...
Um dia,
cortaram-me as asas,
quase morri afogada,
num mar de ilusões...
O amor é lindo,
mas destrói corações,
acalenta gritos,
corta asas,
desaba mundos...
O amor faz doer!!!
Rouba-me um beijo,
oferece-me uma flor,
leva-me a passear na chuva,
faz-me sorrir...
Mas não me ames,
ama-me apenas,
sem me amar...!!!

terça-feira, 1 de novembro de 2011

LOUCA MAS FELIZ

Tu que,
pairas em meu sonho,
vagueias em minha mente...
Eu te proponho,
não te escondas,
aparece na minha frente...
Tu que,
nem sei quem és,
ou de onde vens...
Eu te proponho,
diz-me o teu nome,
dá-me a tua mão,
eu dou-te o meu presente,
e juntos,
vamos descobrir o futuro,
onde o mundo é o que queremos,
e os sonhos são o que desejamos...
Tu que,
encantas a minha vida,
sem saberes que eu existo...
Eu que persisto em te encontrar,
e nem sei sequer,
se existes...
Sei que sou louca,
se Deus me fez assim,
não há nada a fazer,
apenas aceitar minha loucura,
e ser feliz do jeito que sou...
Louca mas feliz!

SUA MAJESTADE, O MAR...

Contou-me o mar,
que no teu vagar se esconde,
um segredo por contar...
Oh,
leve brisa de mar salgado,
com todo o respeito,
pergunto-te...
Que segredo tens para me desvendar?
Com tua autoridade,
sua majestade,
nem me responde,
e numa forte teimosia,
me ignora dizendo,
que tudo vem a seu tempo...
Recolhendo-me em silencio,
de regresso ao meu lar,
num pranto duvidoso,
eis que toda a pergunta tem sua resposta,
é preciso saber esperar...!!!