terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FELIZ ANO NOVO

Terminado
mais um ano feito de historias...
E porque o mundo gira,
ficam as memórias...
Gente que chegou,
gente que se foi...
Entre vitórias
e derrotas,
uns ensinaram-nos
outros aprenderão...
Gente que nos sorriu,
gente que nos feriu...
uns permaneceram
outros nem vemos mais...
Obrigada a todos
porque fizeram parte da minha historia...
E assim
gira o mundo
na esperança
de que o novo ano
seja sempre melhor...!
FELIZ ANO NOVO

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

NUM SONHO TEU

Conheço os meus defeitos
e minhas qualidades,
conheço meus silêncios
e meus ais...
Vivo comigo desde que nasci!
Tantas vezes me perdi,
muitas outras me encontrei...
Enquanto isso,
passei por ti
e em ti
reconheci-me
á deriva,
só e perdida
num sonho que era teu...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

SEMPRE VIVI...!!!

Naveguei pelos mares da ilusão,
viajei em estradas de paixão...
Vi peixes loucos,
ouvi pássaros moucos,
senti o cheiro das flores
e sorri...
Agarrei sonhos,
abraçei amores,
chorei dissabores,
disse adeus
e segui...
Não sei bem se passei pelo vento
ou se o vento
passou por mim,
só sei que cheguei até aqui...
Não sei quem te trouxe
ou se alguém me levou a ti...
Naveguei, viajei
vi, ouvi, senti
e sorri...
Sonhei, abraçei, amei
chorei, disse adeus
e segui...
Ganhei e perdi
mas sempre VIVI...!!!

sábado, 7 de setembro de 2013

UM SONHO FEITO PARA AMAR

Procurei-te fora dos meus sonhos,
caminhei por becos sem saída,
voltei atrás,
segui por atalhos,
meti-me em trabalhos...
Quando estava prestes a desistir,
encontrei-te num acaso qualquer
só e perdido,
vestido de farrapo
vagueando à sorte
no meio do nada...
Ao passar de mansinho
senti o eco de um tormento...
Parei no meu vagar
e ouvi um lamento,
parecias um fracasso
de sonhos destruídos
e alma doente...
Cuidei de ti com amor,
vesti-te de esperança
e transformei-te num ser de luz,
dei-te a mão e trouxe-te comigo...
Agora
és o brilho do meu olhar,
o motivo do meu sorriso...
Um sonho feito para amar!

quinta-feira, 4 de julho de 2013

SEM PALAVRAS

Fugiram-me as palavras,
perderam-se por entre o vazio da multidão,
no vago espaço do infinito,
entre os mundos mudos da solidão...
Tristes desordens
controladas por escassos sorrisos...
Tanto desejamos sorrindo,
quanto temos medo!
É bem mais fácil sorrir
quando se tem medo...
Faltam-me as palavras,
esconderam-se atrás dos muros
construídos por alegres sorrisos tristes...
Quantos risos corajosos
substituíram
silêncios medrozos
neste mundo de faz de conta,
brincando de ser feliz???
Fugiram-me as palavras,
substituí-as por sorrisos
amarelos
em homenagem ao sol,
tão lindo e tão belo
em seu brilho puro e singelo...!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

PAI

Palavras nunca foram o nosso forte,
entendi todos os teus olhares...
Um pedido de desculpa em silêncio,
um obrigado no olhar
e entre eles
um "eu te amo"...
Pai
entre sorrisos e exemplos
ficou a força e a garra de viver,
instinto de sobrevivência
na mais pura essência de guerreira,
mulher frágil...
A vida passa a correr
e no fim da caminhada
ficam as lembranças,
aquelas que não houve tempo
para lembrar antes...
Memorias de sorrisos insignificantes
que hoje
fazem todo o sentido,
verdadeiros exemplos
que transformaram em grande parte
quem eu sou!
Obrigada pai,
não pelo pelas palavras
mas pelos sorrisos,
olhares em silencio que tanto me disseram...

sábado, 25 de maio de 2013

ALMA BRANCA

Nem tudo é pó,
cinza ou lama...
Vai-se o corpo,
fica a alma...
E do pranto que clama na partida
nasce um suspiro,
livre
feito criança que sorri
ao ver um raio de sol...
Doce ilusão
de uma vida inteira
já passada,
adormecida e renascida
nas asas de uma pomba
que voa
num ponto de luz
de uma branca versão
do verbo amar...

sexta-feira, 10 de maio de 2013

O CÉU É O LIMITE


Vivo num mundo muito meu,
sem tecto
para contemplar as estrelas,
de porta fechada e janela aberta...
A janela tem cortinado,
as vezes basta correr o cortinado,
mas tem momentos
que é necessário fecha-la também,
depende da insistência
de quem quer entrar...
Como não tem tecto,
o céu é o limite...
A porta do meu mundo
não se abre apenas porque quero,
posso e mando,
ela abre-se
quando sinto
e porque sinto...!

OS ACASOS

Os acasos
foram inventados por Deus,
são Anjos em movimento
cruzando o nosso caminho,
trazem alegrias
ou tristezas,
lições para aprender,
fazem-nos crescer...
Depois,
depois vão embora...
Deixam lembranças,
são memórias
de sorrisos nos lábios...
Viver
é um movimento constante,
nada se repete,
tudo se transforma...
Os acasos
não passam de planos,
estratégias de Deus
para nos indicar o caminho...

terça-feira, 7 de maio de 2013

PRÍNCIPES DA MINHA VIDA

Na vida
cruzei-me com alguns príncipes,
uns verdadeiros reis...
Alguns
fizeram de mim uma guerreira,
outros
uma heroína,
uns quantos
fizeram sentir-me uma princesa,
outros tantos
tentaram pisar-me para se sentirem melhor,
esses eram de plástico barato
disfarçados de preciosidades...
Mas os melhores mesmo
talvez tenham sido os sapos,
aqueles que nunca cheguei a beijar...

sexta-feira, 3 de maio de 2013

APRENDI...

Aprendi a cantar
quando a vida me pediu para chorar
e a dançar
quando a vida me pediu para parar...
Ensinou-me um passarinho
que as borboletas nasceram para bailar,
e os sonhos
são para sonhar...
Aprendi que o amor é livre
e deixa voar,
ele não volta
simplesmente porque nunca se vai...
Tudo na vida tem prazo de validade,
na realidade
sobra sempre a saudade,
uma verdade
destruida pela vaidade
que desaparece com a idade...

terça-feira, 30 de abril de 2013

PAREM DE USAR O AMOR

Amor aqui
amor ali
amor acolá...
Amor isto
amor aquilo
amor para cá
amor para lá...
Amor assim
amor assado, cozido e frito também...
Amor amor amor...
Amor é muito mais,
não se diz...
Amor sobrevive aos vendavais
não se gasta,
não se parte,
é o sopro Divino...
Amor é uma arte,
a mais sublime de todas
e sobrevive aos temporais...
Amor este
amor aquele
amor vai
amor vem...
Parem de usar o amor
e passem a senti-lo.

quarta-feira, 24 de abril de 2013

ILUSÃO

Adivinho-te lentamente,
sem pressa,
como se fosses um sonho
num breve momento,
doce e delicado,
tão leve
que até parece verdade...
E num devaneio repentino
de loucura e vaidade,
estendo-te a mão
e devolvo-te o sorriso
que nunca me deste...
Acordo de uma ilusão
rodeada de multidão,
olho em volta
e tudo o que vejo,
são miragens
num deserto cheio de ninguém...
E numa correria louca
sopra-me o vento fazendo-se ouvir,
num grito rouco,
diz que é livre,
quase me deixa mouca...!

terça-feira, 23 de abril de 2013

UM SONHO DE PAZ

Apaixonada???
Quando?
Onde?
Quem???
Não,
é confusão tua...
Não aqui
nem agora...
Encontrei-te por acaso
num sonho de paz...
Foi um sonho,
apenas um sonho que deitaste fora,
só mais um de tantos outros que sonhei
e que deixei ir embora...
Há coisas importantes,
que com o tempo,
deixam de fazer sentido.
Agora,
quero apenas respirar o ar da tua ausência!!!
Apaixonada???
Outrora
talvez...
Agora
nem pensar.

ÉS LIVRE...!


Não,
não te esqueci...
Apenas guardei-te no meu coração,
arrumei-te num cantinho especial,
fechei a porta
e segui em frente.
O facto de me lembrar de ti todos os dias
não quer dizer que te vou abrir a porta...
Gente que honra o nome que tem,
homem digno do chão que pisa,
humano merecedor do ar que respira
sabe entrar,
sempre estar,
sabe sair
e não esquece o seu lugar...
Por isso,
deixa-te ficar
e não me obrigues a trancar a porta.
És livre,
só tens que aprender a voar...!


segunda-feira, 15 de abril de 2013

CUIDADO COM A VIDA

Em tempos,
era eu uma menina,
tive todos os sonhos na mão
e achava que sabia o que fazer com eles...
Não,
nem sempre se sabe segurar o que se tem nas mãos,
por vezes escorrega entre os dedos...
Cuidado com a vida,
ela é traiçoeira...
Ás vezes linda,
ás vezes trapaceira...
Transforma pessoas em pedras
e pedras em gente...
Gente como a gente,
todos iguais
tão diferentes,
nem sempre banais
mas sempre especiais!


quarta-feira, 10 de abril de 2013

LEVA-ME CONTIGO

Leva-me contigo
ao mais fundo do teu ser,
mostra-me o teu mar de esperança...
Conta-me
quantos rios de desilusão te passaram aos pés...
Fala-me dos sonhos que te moveram,
as verdades que te sustentaram,
as mentiras que te maltrataram...
Entre as palavras
brincam dois pensamentos,
o teu e o meu...
E os silêncios,
aqueles que moram nas entrelinhas,
abraçam a magia
do que parece não ter sido dito,
essa magia que me vem beijar
num tão simples e doce olhar...
Leva-me contigo,
num instante,
ao teu passado distante
onde eu
andei delirante sem saber o que procurava,
perdida sem saber por onde andava...

domingo, 7 de abril de 2013

SAUDADE

Pensar em alguém com carinho
é sentir-se perto...
É viajar no tempo
e tocar na alma...
O tempo passa
e deixa saudade,
dói no peito,
lágrima saudável,
feliz e contente,
escorre na alma...
Saudade,
essa dor doce que o vento me trás...
E num tempo de quase nada,
faz-me sorrir com vaidade
na certeza
de que um dia
fui amada...

sexta-feira, 5 de abril de 2013

OS MEUS AMORES

Estou grata aos meus amores
por terem feito parte do meu passado,
porque um dia
foram o meu presente e fizeram-me sorrir...
Se assim não fosse
nunca teriam chegado a ser meus amores...
Tive amores amigos
e amigos queridos também os tive...
Amores longos
e amores breves,
do tipo furacão
ou do tipo relâmpago...
Foram meus amores ateus
os de verão e paixão,
ficaram apenas os de sonho
os que nunca se vão,
são poucos
pois então...

quinta-feira, 4 de abril de 2013

A (IM)PERFEIÇÃO DE DEUS

      Por momentos ponho-me a pensar... no mundo existem pessoas com tanto, outras tão pouco e ainda há as que nada têm...
      Havendo dois homens aparentemente normais, com tudo no sítio e a funcionar correctamente, na qual um tem duas casas e o outro um buraco ou um banco de jardim, ou seja, um tem para onde ir e o outro nem uma sanita para fazer chichi.
Será que o Grande Deus dos humanos esqueceu-se do segundo homem? ou será que distribuiu mal a herança material que colocou no mundo à mercê dos humanos?
Para quê tanta diferença se somos todos feitos da mesma massa?
Neste mundo tudo acontece, uns não vêm e outros fingem que não vêm, uns não ouvem e outros fingem que não ouvem... e ainda há os neuróticos, os que se acham perseguidos sem o serem, os que se culpam por tudo e os que de nada têm culpa...
      Sendo verdade que existe um Deus (e eu acredito que existe) que nos criou à sua semelhança, que olha por nós com amor e dedicação e nos carrega no colo sempre que precisamos de apoio, a minha pergunta é: Porque nascem deficientes, pessoas que dependem de outras para fazerem as mais simples tarefas do quotidiano? e porque morrem pessoas na flor da idade e perfeitamente saudáveis, sem sequer terem experimentado um canto do que a vida tem para oferecer?
Respondem-me algumas pessoas, são karmas, pois bem... Karmas são dividas, ajustes de contas que trazemos de vidas passadas, são lições que a nossa alma precisa aprender para poder evoluir, sendo assim, porque morrem mães no parto deixando crianças órfãs à nascença? e porque chegam a nascer crianças que os próprios pais acabam por lhes tirar a vida? que tem isto a ver com karma?
     Apesar de saber que está tudo interligado e que Deus sabe o que faz, sei também que somos nós que atraímos o bom e o mau com as nossas energias positivas e negativas. Existe no mundo uma dimensão que nos foge do controle, um Universo de respostas que nunca havemos de desvendar.
     Por vezes penso que Deus perdeu o controle sobre a humanidade. Criou-nos livres mas como não sabemos ser livres, metemos os pés pelas mãos e aos poucos vamos destruindo o mundo com a desculpa de não sermos perfeitos. Concluir que não somos perfeitos é a desculpa perfeita para não assumirmos os nossos erros.
Na verdade, Ele com a sua humilde sabedoria, criou-nos sábios imperfeitos para que pudesse-mos aperfeiçoar as nossas imperfeições.
     A humanidade anda demasiado ocupada com os seus afazeres do dia a dia, pouco tempo lhe resta para pensar em perguntas sem respostas cientificas... e do interior do meu enorme mundo, na verdade um pequeno mundinho aos olhos alheios, surgem enumeras respostas, todas elas sem fundamento mas pelo menos dei-me ao trabalho de pensar.

domingo, 10 de março de 2013

AI DE MIM...

Escrevo
para que vento não me leve as palavras,
para que o tempo não me mate os sonhos...
Os sonhos que um dia sonhei
nos braços de alguém,
alguém que me abraçou
e nunca me viu,
que me beijou
e nunca me sentiu...!
Ai de mim, pobre mortal
abraçar, beijar, amar
sem saber quem!!!

quarta-feira, 6 de março de 2013

E O TEMPO NÃO VOLTA...!!!

video
Passamos demasiado tempo
a simplificar carinhos,
ignorar atenções,
rejeitar afectos...
Passamos demasiado tempo
a idealizar sonhos sem os concretizar,
a impor condições
em vez de amar incondicionalmente...
Passamos demasiado tempo
a procurar longe demais
o que por vezes,
está perto de nós...
Um dia abrimos os olhos
e percebemos que o tempo passou,
com ele ficaram
sorrisos e abraços que hoje
existem apenas na memória,
sentimentos que antes eram exagerados
um dia transformam-se em lembranças...
E o tempo não volta...!!!

sexta-feira, 1 de março de 2013

A VIDA É FEITA DE TEMPOS

Há coisas que
por vezes, transbordam para fora de nós...
A alegria quando não me cabe no peito
escrevo,
a tristeza transforma-se em segredo
e escorre pelos olhos...
E na minha vaidade,
vou seguindo os meus sonhos
entre a saudade e a realidade!
A vida é feita de tempos,
horas, minutos, segundos...
São momentos organizados pelo destino
por isso,
Voa livre,
vai em busca de historias,
colecciona sorrisos...
E quando a saudade te vier atormentar
chama por mim,
traz-me de volta
a lembrança de um tempo que não volta,
mas não fiques,
apenas dá-me o teu melhor sorriso,
abraça-me bem
e vai embora...

sábado, 9 de fevereiro de 2013

VESTIDA DE FLOR

Vesti-me de flor,
pintei-me de arco-íris,
peguei uma mão cheia de sorrisos e segui em frente...
Parei num sonho,
um sonho de sol e mar
sentei-me no chão,
na areia, enquanto esperava por ti, desenhei um jardim...
Chegaste de mansinho e ao meu lado te sentaste,
olhaste-me e viste uma flor,
encantei-te com as cores do arco-íris...
Ofereceste-me os sorrisos que trazias,
em troca
ofereci-te os meus...
Viste a flor e o jardim,
sentiste o sol e ouviste o mar
só não me viste a mim...
Quiseste amar mas não soubeste,
tentei ensinar-te mas não quiseste...
Levantei-me de fininho e
pé ante pé,
resgatei todos os meus sorrisos e parti...
Fugi da solidão mas levei a saudade no coração,
Segui em frente, fui em busca de um novo sonho
porque nasci para amar...!

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

O POETA É FELIZ

Dizem que o poeta é triste...
Triste...???
Não, o poeta não é triste,
triste é quem não vive,
quem tem medo de amar
em toda a sua grandeza e esplendor da palavra amor...
Triste é o ignorante que vive rastejando pelo fruto podre que cai no chão,
alma perdida num mundo de falsos amores...
O poeta, triste...????
Não,
o poeta sonha,
enfrenta seus medos e luta...
O poeta sabe que toda a historia que tem um começo também tem um fim,
mesmo assim,
ele tem a coragem de viver o que sonha,
ama forte e voa alto, espatifa-se no chão,
levanta-se e volta a amar!
O poeta aprecia cada sorriso,
entra no teu olhar e descobre cada segredo teu,
ri descaradamente diante dos teus medos,
tenta afugentar os teus fantasmas,
dá-te a mão e ainda te diz sorrindo:
-Não tenhas medo...!
O poeta é feliz!!!

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

TERESINHA

Foste o sonho que o vento levou
e na lembrança ficou
a saudade
de uma realidade
que o tempo apagou...
Talvez nem tenhas existido,
quem sabe
não passaste de uma ilusão...
Inventei-te
no meu sonho de menina,
a culpa é minha!
Imaginei-te
na minha doce fantasia,
de que um dia serias
um dos três cavaleiros de chapéu na mão,
aquele
a que a Teresinha deu a mão...!

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

AH... SE EU PUDESSE...

És a minha poesia,
as palavras que te digo
no silencio das que te não digo...
Ah...
Se eu pudesse,
seria a gota de esperança
nesse teu mar de insegurança
onde me banhas com o teu olhar distante!
És o sopro do infinito
que trago comigo
num suspiro ausente
do presente que não me deste...
E sempre que vens ao meu encontro
e nos lábios me trazes
os beijos que me roubaste,
no meu sorriso
finjo devolver-te os sonhos que nunca me deste...!

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

ERA UMA VEZ UM TEMPO MÁGICO

Naquele tempo,
o tempo dos milagres,
a água virava vinho,
os pães multiplicavam-se,
até o mar era pequeno para tanto peixe
e na ilusão,
as rosas eram pão...
Na era de um tempo mágico,
os príncepes encantados
foram sapos,
agora os sapos são gatos
e estão ocupados...
Já não se viaja em abóboras
e como os sapos não sabem andar a cavalo
vêm montados numa pen,
com algumas gigas
mas isso também não é defeito,
os mais chiques
vêm de BMW descapotável
ou de Mercedes confortáveis
e bem sentados em  bancos de cabedal...
Naquele tempo
até cheirava a amor,
agora cheiram-se outras coisas
e o amor lê-se em historias de embalar...

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

SOU ASSIM

Há quem diga
que sou mulher de muitos amores,
provoco rumores...
Na verdade,
sou mulher de grandes extremos...
E de um extremo ao outro,
desperto invejas e alivio dores...
Sou assim,
meio atrevida,
um tanto desajeitada,
meio envergonhada...
Dou gargalhada,
sou divertida,
por vezes mal compreendida...
Sou feliz
mesmo quando estou triste...
Falem o que quiserem
sou assim,
uma guerreira sem armas
lançada á sorte
num mundo
de gente mal amada...!

NO MEU SONHO

No meu sonho
a vida acontece,
tudo é uma prece...
O mundo é um paraíso
onde só entra quem merece!
No meu sonho
o realizador e o actor principal
sou eu,
decido eu
quem é o convidado...
No meu sonho
ninguém decide por mim
quais as personagens...
No meu mundo
o sonho é meu!

domingo, 20 de janeiro de 2013

QUEM É QUEM...?

Tento adivinhar-te
e no meu vaguear de olhar distante,
alcanço-te...
Ao longe
onde o sol se põe,
no horizonte
ao cair da noite,
vens tu
e ris com desdém do que não tens...
Quem és tu?
Um vendaval,
tanto vem como vai...
Eu,
eu sou a sombra que vês,
a mulher que sonhaste
e que num vai e vem
não passa da porta,
sou a gaivota que libertaste...
Sou aquela que amaste
e no teu sonho,
nem me viste...!!!

sábado, 19 de janeiro de 2013

CHORA BAIXINHO

Levo-te comigo,
guardado no peito
como quem guarda uma foto na gaveta...
Deixo-te apenas,
o meu sorriso
em forma de lembrança,
para consolar a tua dor,
cada vez que a saudade te atormentar
e a culpa por me teres deixado partir
te fizer chorar...
Mas não chores alto,
não suportaria ver-te sofrer,
chora baixinho para que eu possa adormecer
sem que a tua culpa me possa endoidecer...

A PAZ DO TEU SORRISO

Sonho-te
em cada dia do meu viver...
Desejo-te
em cada sonho meu...
Imagino-te,
sem pressa reinvento-te
em cada silencio que me devolves ao sorrir-me...
E na minha vaidade,
levo-te a passear pelas ruas da minha cidade...
Na verdade,
és meu amigo
mas ninguém sabe, é segredo...
E num vago suspiro de saudade,
vagueio pelo meu mundo,
acolhendo a paz
que um sorriso teu me trás!

SONHEI-TE

Não te quero igual a mim,
quero-te diferente para que me completes,
que as tuas qualidades acalmem os meus defeitos,
que os teus defeitos realcem as minhas qualidades...

Sonhei-te,
tal como és,
não perfeito
mas humano,
um anjo em forma de gente...

Deixo-te livre
como passarinho,
para que voltes ao meu ninho
sempre que quiseres carinho...

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

AMIGOS :)

Amigos são aqueles que nos fazem falta,
aqueles que nos procuram...
Amigos,
são todos os dias
ou sempre que possível,
na alegria e na tristeza,
na saúde e na doença,
com defeitos e qualidades...
Amigos são humanos,
não tem que ser perfeitos,
basta terem dois braços para apertar
e um sorriso para dar...
Amigos são como anjos, não tem sexo,
são aqueles que nos fazem sentir bem
que nos curam apenas com um sorriso,
podem não ser perfeitos
mas são a companhia perfeita para qualquer ocasião...!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

ALMAS PERDIDAS

Sou toda, completa...
Quem gosta de sobras, de restos,
a mim não me serve,
nada me acrescenta...
De nada adianta falar-me em silencio,
aprendi que o olhar também mente,
que a voz do silencio
passa pela mente de quem sonha,
e quem sonha
ouve apenas o que sente...
Ignorante
quem pensa que possui,
vive colhendo o fruto podre que cai no chão...
Pobres almas perdidas,
lançadas á sorte
num mundo de falsos amores...!!!

domingo, 6 de janeiro de 2013

PALAVRAS OCAS

Esgotaram-se as palavras,
deixei-as no ano velho...
Trouxe comigo apenas o principal,
a esperança e o silencio.
As palavras eram minhas amigas
mas estavam gastas,
perdidas na memoria do tempo,
palavras ocas que já nada diziam...
Percebi que não precisava mais delas,
o que não me acrescenta
não me faz falta!
Chorei na despedida,
uma despedida nem sempre é fácil
chega até a doer,
disse adeus e parti...
Segui despedaçada,
abraçada ao meu silencio
e de mão dada com a esperança,
parti em busca de novas palavras...!

sábado, 5 de janeiro de 2013

JÁ PASSOU!!!

Era uma vez
um tempo magico,
um tempo em que eu
era a luz dos olhos teus,
a razão do teu melhor sorriso...
Foste a metade que faltava
na minha magica realidade,
o sonho que eu pensei ser de verdade...
Houve um tempo
em que navegamos no mesmo barco,
passeamos na mesma estrada
e como por magia,
foste o orgulho da minha vaidade...
Na era de um tempo magico,
fui o teu cristal,
um cristal que se quebrou com o vento,
o vento de um vendaval
que se formou num tempo de quase nada,
tão depressa chegou,
 quebrou e foi embora...
Já passou!!!

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

HOMEM


Homem não é apenas aquele que veste calças,
arranja o cano da casa de banho
ou prega o prego na parede para pendurar o quadro...
Homem não é o que manda e desmanda pelo facto apenas de mandar...
Homem de verdade tem que saber sorrir,
não precisa andar a competir,
esconder a dor,
basta sentir sem medo...
Quem esconde a dor é adolescente,
quem tem medo é criança...
Homem também chora
e não é por isso que deixa de honrar as calças que veste...
Homem de verdade
deve existir um em cada canto do mundo...
mas a terra é redonda!!!
não quero acreditar que não existem...
onde se esconderam eles???

PS. sem ofensa, é apenas brincadeira ;)