domingo, 21 de agosto de 2011

ASSIM SEMPRE SEREI

Que venham as críticas,
que venham as censuras,
batam-me nas costas,
(são largas,
eu aguento-me com o balanço)
e voltem para traz...
Não quero nem saber,
sigo em frente,
de cabeça erguida,
consciente de meus actos,
e feliz...
Sou assim,
assim sempre serei,
do jeito que eu quero ser,
sou livre,
livre sempre caminharei...
Estou de passagem,
não vim para ficar,
que venha comigo quem quiser,
quem não quiser,
pois que fique...
Sigo o meu caminho,
satisfação alguma,
devo a alguém...
Assim vou vivendo,
entre lágrimas e gargalhadas,
sonhos e realidades...
Assim vou caminhando,
vivendo e aprendendo,
sorrindo e chorando...
Sempre amando!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário