sexta-feira, 15 de julho de 2011

PAZ

Um pouco de paz,
paz para sorrir de verdade,
sem fingir...
Amar devagar,
sem fugir...
Um pouco de paz,
paz para ser feliz,
num abraço...
Quanta verdade,
vai num silencio...
Quanta mentira,
pode ser dita numa palavra...
O mundo precisa de paz,
mas esquece de a dar...
O mundo quer sorrir de verdade,
mas ama a correr...
Tu,
que procuras a felicidade,
na tua corrida louca,
esqueces os pormenores...
A felicidade,
está nas pequenas coisas,
no mais simples gesto de amor

Sem comentários:

Enviar um comentário